Pró-Vida Clínica Médica e Exames Complementares de Qualidade

Disque (48) 3631-1515 para agendar consultas e exames.
Clique para ver a lista de telefones

Você está aqui:

12.03.2018 Trabalhador imunizado, empresa produtiva.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na última segunda feira (9) mudanças nas vacinas contra a gripe a serem disponibilizadas em 2018, para combater os tipos de vírus com mais ocorrências, segundo pesquisas.

As mudanças foram divulgadas no Diário Oficial da União e valem para a vacina trivalente e quadrivalente, conforme prevê a resolução 2.696/2017.

As mudanças não significam necessariamente o surgimento de tipos de vírus mais fortes, mas sim que elas atacam os tipos que estão mais predominantes entre os inúmeros existentes.Todo ano a vacina muda conforme o tipo de cepa (do vírus influenza) predominante.

O vírus da gripe sofre muitas mutações ao longo dos anos, quando é uma mutação mais radical é que ocorre aquelas pandemias.

As vacinas trivalentes de 2018 terão que conter três tipos de cepas: H1N1 e H3N2 (ambas do vírus influenza A) e um similar ao vírus influenza B. As vacinas tetravalentes deverão conter um vírus similar ao influenza B mais as outras três já presentes na trivalente.

O tempo de proteção das vacinas contra a gripe é de seis meses a um ano, por isso é recomendável se proteger todo ano.

ENTENDA

Mudanças

Todos os anos, a Anvisa publica resolução com a composição das vacinas contra o vírus da gripe a ser disponibilizada no ano seguinte. A mudança é feita com base em pesquisas e tem o respaldo da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Motivo

As modificações são necessárias porque há inúmeras cepas do vírus da gripe, que sofre mutações constantes. Então é natural que em alguns períodos, alguns tipos predominem sobre outros.

Tranquilidade

Isso não significa o surgimento de um vírus mais poderoso e prejudicial que outros, mas sim que há um número maior de ocorrências de determinadas cepas do vírus.

Pública e particulares

As mudanças valem tanto para as vacinas fornecidas pela rede pública quanto por clínicas particulares. A única diferença é que as particulares disponibilizam também as tetravalentes.

A Clínica estará fornecendo as vacinas de H1N1, para as empresas que desejam vacinar seus colaboradores, com campanhas com e sem gesto. Quer saber mais?! Entre em contato 

através do telefone |48| 3631-1561 ou e-mail comercial@clinicaprovida.com.br

Central de Atendimentos


(48) 3631-1500

Redes Sociais


       

Certificação


Reconhecimento de qualidade é conquistado com nova certificação

Central de Agendamento: (48) 3631-1515 Central de Atendimento: (48) 3631-1500 Endereço: Av. Marcolino Martins Cabral, 2075 - Tubarão - SC - CEP: 88705-001 - Brasil

DR. JAIME CESAR SOUZA - DIRETOR-TÉCNICO-MÉDICO - CRM-SC 1987

2018 © Clínica Pró-Vida. Todos os Direitos Reservados.